INVESTIGAÇÕES SOBRE A IGREJA SUD
MORONI - sonho ou realidade?

MORONI: SONHO OU REALIDADE?

Iniciarei uma detalhada análise da visita de Moroni, uma vez que esta é uma das bases do mormonismo:de acordo com a história oficial da igreja, foi este anjo que revelou à Joseph Smith onde ele encontraria as placas de ouro, assim como a data e a forma correta de obtê-las.

Antes, porém, coloco aqui a descrição oficial da igreja sobre a visita de Moroni, nas próprias palavras de Joseph Smith:

“Em 21 de setembro de 1823 depois de me deitar, enquanto eu estava invocando à Deus, descobri uma luz surgindo em meu quarto, que continuou a aumentar até que o aposento ficasse mais iluminado do que o meio-dia, quando imediatamente um personagem apareceu em minha cama, em pé, no ar, pois os seus pés não tocavam o chão.

Toda a sua figura era indescritivelmente gloriosa e seu semblante era verdadeiramente como um relâmpago. O quarto estava muito claro, mas não tão luminoso como ao redor de sua pessoa. Ele me chamou pelo nome e disse-me que ele era um mensageiro para mim, enviado da presença de Deus, e que seu nome era Morôni; que Deus tinha um trabalho para eu fazer.

Após esta comunicação, vi a luz do quarto começar a diminuir imediatamente ao redor da figura que falava comigo, e continuou a fazê-lo até o quarto voltar à escuridão, exceto ao redor dele, quando, imediatamente eu vi, como se fosse um feixe de luz até o céu, e ele ascendeu até desaparecer completamente, e o quarto foi deixado como era antes dessa luz celestial aparecer.

Fiquei meditando sobre a singularidade da cena, grandemente maravilhado com o que tinha sido dito a mim pelo extraordinário mensageiro, quando, em meio a minha meditação, descobri subitamente que meu quarto começava novamente a ser iluminado, e em um instante, como antes, o mesmo mensageiro celeste estava novamente na cabeceira de minha cama.

Ele novamente relatou exatamente as mesmas coisas que ele havia dito em sua primeira visita. Tendo relatado estas coisas, novamente ascendeu, como fizera antes.

Nesse momento, as impressões causadas em minha mente foram tão profundas, que o sono fugiu dos meus olhos, e eu estava muito impressionado com o que eu havia visto e ouvido. Mas qual não foi minha surpresa quando vi novamente o mesmo mensageiro ao lado de minha cama, e ouvi-o repetir novamente para mim as mesmas coisas de antes.

Após esta terceira visita ele ascendeu ao céu, como antes, e outra vez fiquei meditando sobre a estranheza do que acabara de acontecer, quando quase que imediatamente após o mensageiro celestial ter ascendido pela terceira vez, o galo cantou, e eu percebi que o dia se aproximava, de modo que as entrevistas deviam ter durado toda aquela noite.”
  
UM SONHO


É interessante quando estudamos as primeiras citações sobre este assunto. 

É bastante claro que Joseph Smith e seus primeiros seguidores referiam-se à visita de Moroni apenas como um sonho, e não uma visão. Porém, depois de 1830, eles começaram a chamar o acontecimento de visão.

Sabemos como estas coisas podem evoluir, especialmente se as pessoas acreditam que as histórias são verdadeiras e querem acreditar que algo maior aconteceu. Aqui estão algumas referências que indicam que Moroni foi apenas um sonho (grifo nosso):

1 - Martin Harris, uma das três testemunhas do Livro de Mórmon

"... em suas excursões nas buscas por tesouros enterrados - que creio que ocorriam geralmente durante a noite, pois assim poderiam esconder dos outros seus conhecimentos, como o local onde encontrar os tesouros - Joe geralmente era o guia, colocando em seu chapéu uma pedra que tinha forma peculiar, e através da qual ele olhava para decidir onde deveriam começar a escavar".

"Foi depois de um destes passeios noturnos que Joe, enquanto deitado em sua cama, teve um sonho notável. Parece que um anjo de Deus aproximou-se dele, cercado de esplendor celestial."[1]

2 - Carta de Testemunho de Parley P. Pratt, 26 de novembro de 1830

"Esse novo evangelho foi encontrado em Ontário Co., NY, e foi descoberto por um Anjo de Luz, aparecendo em um sonho de um homem com o nome de Smith" [2]

3 - Testemunho Martin Harris

5 de setembro de 1829, o Gem Rochester informou sobre as origens do mormonismo e citou a Testemunha Especial do Livro de Mórmon, Martin Harris:

"Ele afirma que, após uma terceira visita do mesmo espírito em um sonho que ele (Smith) foi ao local." [3]

4 - Reportagem do jornal Palmyra Freeman, em agosto 1829

"No outono de 1827, uma pessoa com o nome de Joseph Smith, de Manchester, Ontário Co., relatou que tinha sido visitado em sonho por um espírito do Todo-Poderoso. E depois de ter sido visitado três vezes, como ele afirma, ele foi para o local." [4]

5 - Joseph Smith Sr, pai de Joseph Smith

Durante a sua entrevista de 1830 com Fayette Lapham, Joseph Smith Sr. se refere à visita Moroni como "um sonho muito singular" sobre "um valioso tesouro, enterrado há muitos anos." [5]

6 - Família de Smith

Um primo de Emma, que ficou com ela e Joseph Smith durante a tradução do Livro de Mórmon, relatou:

"A declaração que o profeta Joseph Smith fez em nossa audiência, sobre o início de sua tradução de seu livro, em Harmony (em 1828-1829), quanto à maneira que descobriu as placas, foi a seguinte ... Ele disse que através de um sonho, ele foi informado por um fantasma." [6]

7 - Jornal Ohio Star, descrevendo a pregação por Oliver Cowdery e Peter Whitmer, em dezembro 1830

"(Eles disseram que) no outono de 1827, um homem chamado Joseph Smith, de Manchester, Ontário Co., NY, relatou que tinha sido visitado três vezes em um sonho, pelo espírito do Todo-Poderoso ..."[7]

A partir destas citações, várias dúvidas são simplesmente inevitáveis:

1 – Se foi realmente um sonho, por que Joseph permitiu, e mais tarde descreveu o sonho como uma visitação?
2 – Se foi realmente um sonho, por que ele se transformou em várias visitações durante 4 anos?
3 – Se foi um sonho - e todos os relatos iniciais assim o afirmam - a visão e as experiências de Joseph são exatamente coincidentes com o conto “O Pote de Ouro” (veja AQUI). O plágio deste conto explica também as visitas consecutivas, durante os 4 anos, que Moroni fizera à Joseph Smith.


_________________________________________
Notas:
1 - Testimonies of Book of Mormon Witnesses, John Clark, Gleanings (1842), p.226 "Martin Harris Interview"
2 - Letter from Amherst, Ohio, 26 Nov. 1830, "BEWARE OF IMPOSTERS," The Telegraph. Reprinted in The Reflector (Palmyra NY), 14 Feb. 1831. Also see Early Mormonism: Correspondence and a New History by Dale Morgan (Signature Books, 1986)
3 - A GOLDEN BIBLE, Gem, (Rochester, NY), 5 Sept. 1829. Source of reference: A New Witness for Christ in America, (Zion's printing and Publishing, 1951)
4 - A New Witness for Christ in America, (Zion's printing and Publishing, 1951)
5 - Early Mormon Documents, Volume 1, Page 458, reprint from Fayette Lapham's original work from 1830, Interview with the Father of Joseph Smith, the Mormon Prophet
6 - Fotocópia de uma carta, feita em fd 8, box 149, H. Michael Marquardt Papers, Manuscripts Division, J. Willard Marriott Library, University of Utah. Veja também: Mormon History, A New Chapter, by Joseph Lewis and Hiel Lewis and Early Mormon Documents, Volume 2.
7 - THE GOLDEN BIBLE, Ohio Star, (Ravenna, OH), 9 Dec. 1830, Madeline R. McQuown Papers, Marriott Library UofU, in fd 4, box 46. Also see History of the Church, Volume 1, page 118-119.

Veja também: http://www.i4m.com/think/history/moroni_dream.htm

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net