Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis



 INVESTIGAÇÕES SOBRE A IGREJA SUD
POLIGAMIA - consumação

JOSEPH CONSUMOU SEU CASAMENTO COM HELEN QUANDO ELA TINHA14 ANOS?


Uma das negações mais comuns a respeito de Joseph Smith, é que ele não tinha a intenção de ter relações sexuais com sua noiva de 14 anos de idade, Helen Mar Kimball.

O fato de Joseph Smith casar-se com Helen tendo essa idade é contestado pelos apologistas da igreja. Que ele assim o fez, prometendo a salvação da família é aceito por mórmons que conhecem a história da igreja.

No entanto, alguns ainda tentam argumentar que, por não haver evidências físicas de relações sexuais entre Smith e sua noiva, que o relacionamento era meramente "espiritual" e não era sexual. Não, não há vestido manchado ou outras evidências físicas de um relacionamento sexual. Mas o registro histórico é muito claro sobre o que era a poligamia para Smith.

Aqui estão dez principais razões pelas quais Joseph Smith pretendia ter relações sexuais com sua noiva adolescente:

1. De acordo com as escrituras mórmon atuais, o sexo era a única razão que Joseph Smith ter sido ordenado a se casar com virgens "cem vezes" nesta vida. Ver DeC 132:62-63.

2. Smith recebeu esta "Lei Divina" para ter apenas virgens, que também isentaria-o de adultério (um pecado sexual), durante a mesma época que ele se casou com Helen. Ele casou-se com Helen em maio de 1843 e escreveu DeC 132 de um mês depois, em junho do mesmo ano.

3. Não há nenhuma revelação registrada durante a vida de Joseph Smith que ele deveria entrar na poligamia dinástica ou com qualquer outra finalidade que não fosse "fazer crescer a semente". Para aqueles que dizem que Smith casou-se com Helen por algo que não fosse o sexo, "onde está a revelação?"

4. No Livro de Mórmon, o Senhor proíbe expressamente a poligamia por qualquer outra razão além de "fazer cerscer as sementes". Veja LdM, Jacó 24-30. Assim, um casamento apenas espiritual teria sido um pecado.

5. Joseph Smith teve relações sexuais com suas outras esposas adolescentes, incluindo Fanny Alger, 16 anos, Sarah Ann Whitney, 17 anos, Lucy Walker, 17 anos, e Flora Ann Woodworth, 16 anos. Então, por que não com Helen? (Na verdade, Smith casou-se secretamente com Helen no mesmo mês que ele se casou com Lucy e Flora).


6. Helen disse que era mais do que apenas uma cerimônia. Em seu próprio testemunho, ela escreveu: "Eu nunca teria sido selada a Joseph se eu soubesse que era mais do que uma cerimônia. Eu era jovem, e eles me enganaram, dizendo que a salvação de toda a nossa família dependia disso."

7. Joseph Smith não descreveu seus casamentos plurais como meramente espirituais. Ele disse a seu amigo e escriba William Clayton que Helen e as outras meninas adolescentes "foram suas esposas, casadas legalmente de acordo com a ordem celestial" e "esposas legais aos olhos do Céu".

8. Em Nauvoo, Smith se gabou do prazer que ele teve com suas noivas adolescentes, dizendo que uma "tinha-lhe dado mais prazer do que qualquer garota que ele havia desfrutado.”


9. Para todos que Joseph Smith ensinou sua doutrina da poligamia, também ensinou que tivessem sexo com suas noivas secreta. Nenhum deles pensou que eles eram apenas relações dinásticas.

10. Aqueles mais próximos a Joseph Smith compreenderam que ele se casou com estas mulheres para ter sexo. Quando o pai de Helen, Heber C. Kimball, perguntou à irmã Eliza R. Snow se ela não era virgem, embora casada com Joseph Smith, ela respondeu: "Eu pensei que você conhecesse Joseph Smith melhor."

Então, por que Helen não engravidou?

É provável que com 14 anos de idade, Helen não estava ainda fisicamente madura o suficiente para engravidar. Meninas dessa idade, no século 19 não começavam a menstruar até a idade de 17 a 19 anos.

Era comum, durante o período da poligamia, que os homens se casasseme com meninas pré-púberes, a fim de protegê-los em seus haréns e impedi-las de se casarem com outros homens.

Então, quando a menina atingia a puberdade, ela começaria a ter bebês. Isto é provável porque Helen, mesmo se não tivesse relações sexuais com Smith, queixou-se de não ser capaz de se socializar como as outras garotas de sua idade: ela entendeu, após a realização de fatos, que ela havia sido enganada para juntar-se ao harém de Smith, e assim tornando-se indisponível para ser cortejada por jovens pretendentes.

A questão principal é a inutilidade dos apologistas mórmons argumentarem que o selamento de Smith e Helen era apenas "espiritual", em um esforço para mostrar que o casamento plural de Smith com as jovens era adequado.  

A própria Helen acusa que foi "enganada" no selamento, e que ela não teria concordado com ele se soubesse de antemão que era para ser algo diferente de "espiritual". Isto é suficiente para mostrar a impropriedade das motivações e ações de Smith.

"Aparentemente, os Kimballs [pais de Helen Mar] não tinham explicado totalmente a Helen que o casamento implicaria". (pp.146-147)

Referências adicionais:
Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net