Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis



 INVESTIGAÇÕES SOBRE A IGREJA SUD
POLIGAMIA - início SUD

INÍCIO DA POLIGAMIA NA IGREJA SUD


Desde o início da década de 1830 (antes que os conceitos de autoridade do sacerdócio e as ordenanças do sacerdócio fossem introduzidos no mormonismo) havia rumores de que Joseph Smith defendia a poligamia e as "esposas espirituais" secretamente.

Durante a infância e adolescência de Joseph, na mesma região de Nova York na qual ele e outros fundadores mórmons viviam, o polêmico líder religioso Jacob Cochran abertamente ensinava uma forma de poligamia de amor-livre chamada de "casamento espiritual". 



Um desenho de 1830 dos Cochranitas - uma comunidade religiosa, perto da casa de infância de Joseph Smith, que praticava o amor livre e "casamentos espirituais".

Cochran estabeleceu a comunidade - A Sociedade dos Irmãos e Irmãs Livres -  em Allegany County, Nova York e em Saco, Maine. Ele também trabalhava por uma ordem comum, onde tudo era realizado em comum (posteriormente, esta idéia inspiraria o princípio da 'lei da consagracão')..  

No entanto, dentro de poucos anos, Cochran foi condenado por luxúria, comportamento lascivo e adultério, e passou quatro anos na prisão. Dos seus seguidores, que antes estavam na casa dos milhares, somente alguns mantiveram-se fiéis ao seu profeta depois de sua prisão.

Poucos anos depois de ser libertado, Jacob Cochran estabeleceu uma colônia para uma parcela de seus seguidores, no local que é hoje Grove Township, Allegany Co., em Nova York. Este grupo pouco conhecido morava nas proximidades  de várias pessoas que, futuramente, se tornariam membros proeminentes dentro do Movimento SUD, incluindo Warren Cowdery, Marks William e Lyman Wight. [Oliver Cowdery Pages, Western New York 1820s - 1830s] – veja o mapa abaixo.




É interessante notar que os primeiros ramos mórmons em Allegany County foram estabelecidos nas áreas imediatamente ao redor da colônia Cochranita, durante a década de 1830.

Em 1832, os missionários mórmons foram para Saco para pregar aos seguidores de Cochran e, de acordo com os historiadores de Maine, muitos "Cochranitas" converteram-se ao mormonismo. 

O número de novos conversos foi suficiente para que em 21 de agosto de 1835, os mórmons realizassem uma conferência de igreja em Saco. Nesta conferência, pelo menos, sete dos recém-ordenado apóstolos estavam presentes. [RLDS History of the Church 1:583; Latter Day Saints' Messenger and Advocate 2, October 1835: 204-207; LDS History of the Church 2:252]

Os "casamentos espirituais" e "o sistema de esposas espirituais" foram idéias que caminharam cedo para o mormonismo, e permaneceram por quase 50 anos após a morte de Joseph Smith. 

 John C. Bennett, um líder mórmon que foi posteriormente excomungado, parece ter sido o responsável pela introdução do termo Cochranita "casamento espiritual" no mormonismo.  A versão de Bennett de várias parceiras do sexo feminino tinha grande semelhança com a doutrina de Jacob Cochran.


Cochran tem sido chamado de "João, o Batista" para o mormonismo pelo historiador G.T. Ridlon, de Saco Valey, porque muitos Cochranitas estavam entre aqueles que se converteram ao mormonismo e migraram para o oeste. 

Embora o Cochranitas praticassem um tipo de "casamento espiritual" que sancionava várias parceiras do sexo feminino para cada homem do grupo, suas doutrinas não incluíam o preceito do "casamento eterno" e, portanto, diferia ligeiramente da poligamia Mórmon em Utah.

<!-- /* Font Definitions */ @font-face {font-family:"Cambria Math"; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:roman; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1107304683 0 0 159 0;} @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1073750139 0 0 159 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-unhide:no; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; margin-top:0in; margin-right:0in; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0in; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-bidi-font-family:"Times New Roman";} a:link, span.MsoHyperlink {mso-style-priority:99; color:blue; text-decoration:underline; text-underline:single;} a:visited, span.MsoHyperlinkFollowed {mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; color:purple; mso-themecolor:followedhyperlink; text-decoration:underline; text-underline:single;} span.longtext {mso-style-name:long_text; mso-style-unhide:no;} .MsoChpDefault {mso-style-type:export-only; mso-default-props:yes; font-size:10.0pt; mso-ansi-font-size:10.0pt; mso-bidi-font-size:10.0pt; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-hansi-font-family:Calibri;} @page Section1 {size:8.5in 11.0in; margin:70.85pt 85.05pt 70.85pt 85.05pt; mso-header-margin:.5in; mso-footer-margin:.5in; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} -->

A POLIGAMIA FOI INICIADA POR JOSEPH SMITH, NÃO POR BRIGHAM YOUNG

O fato dos SUDs praticarem a poligamia nos primeiros dias da igreja é bem conhecido. O que muitos não sabem, porém, é que a poligamia foi iniciada por Joseph Smith e não Brigham Young (veja AQUI).

Joseph era muito discreto sobre a sua prática da poligamia, considerando que, quando os SUDs foram para o Utah, os membros de lá, liderados por Brigham Young, eram muito mais abertos sobre isso.

A poligamia começou com Joseph Smith, e não com Brigham Young, em Utah como muitos SUDs acreditam. Apenas em 1852,  8 anos depois de Joseph Smith ser assassinado, que a Igreja SUD admitiu publicamente a prática do casamento plural. É por isso que muitos SUDs ficam surpresos ao saber que Joseph Smith foi um participante do casamento plural.

Os manuais e as lições da Escola Dominical, os manuais de sacerdócio, livros do seminário, etc quase nunca mencionam a poligamia. Ainda, há pouquíssimas referências ao casamento plural de outros profetas, mas nunca de Joseph.

Como Joseph foi o primeiro e o maior dos profetas da igreja SUD, se fosse ensinado que ele foi quem introduziu a poligamia, e não Brigham Young, talvez desse maior credibilidade à prática da poligamia.

Por nunca citarem os casamentos polígamos de Joseph nas lições ensinadas na igreja, palestras em conferências, entre outros, muitos membros da Igreja, especialmente os convertidos, naturalmente acreditam que a poligamia nunca existiu ou que começou com Brigham Young.

Talvez a opção de esconder a poligamia de Joseph seja para reforçar as justificativas dadas para a poligamia - como a de, após extensa jornada para Utah, existir mais mulheres do que homens na igreja. Isto certamente não acontecia na época de Joseph, e portanto, não faria qualquer sentido apenas Joseph praticar a poligamia.

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net