INVESTIGAÇÕES SOBRE A IGREJA SUD
POLIGAMIA - mulheres

CONVENCENDO AS MULHERES À POLIGAMIA


Além da ilegalidade da poligamia (veja AQUI), um grande obstáculo à sua prática era convencer as mulheres que isso era correto diante de Deus. Afinal, as escrituras mórmons, como o Livro de Mórmon e Doutrina e Convênios da época condenavam a poligamia (veja AQUI).


Evidentemente Smith apelou à nova revelação e à prática da poligamia no Antigo Testamento como justificativa para "restaurar" o princípio no seu dia, e relacionou-a à exaltação eterna.  Sobre isso, o próprio Joseph disse:


"O mesmo Deus que até agora ditou-me, dirigiu-me e fortaleceu-me neste trabalho, deu-me essa revelação e mandamento sobre o matrimônio celestial e plural, e o mesmo Deus me ordenou a obedecê-lo. Ele disse-me que se eu não o aceitasse, introduzisse e praticasse, eu, juntamente com o meu povo, seríamos  amaldiçoados e destruídos. Temos que observá-lo. É um princípio eterno e foi dado por meio de mandamento e não na forma de instrução." Prophet Joseph Smith, Contributor, Vol. 5, p. 259


Um outro argumento usado por Smith foi o da salvação não só da esposa plural, mas de toda a famíla dela. Richard Bushman comentou:


“Joseph disse à uma mulher que se ela se submetesse ao casamento plural, estaria ‘garantindo a sua salvação eterna e a exaltação da casa de seu pai, e de todos os seus parentes’." (Joseph Smith: Rough Rolling Stone, pp. 438-439).


De fato, como os ensinamentos da igreja endossavam que Joseph recebia visitações angelicais, seria difícil discutir tais afirmações. Em uma publicação recente, lê-se o que sempre foi dito e ensinado na igreja SUD:


"É verdade que o Profeta Joseph Smith foi visitado por muitos mensageiros celestiais que ajudaram a inaugurar esta dispensação final.


"Os Santos dos Últimos Dias são abençoados através da grande fé do Profeta Joseph Smith e sua missão, que abriu as janelas do céu. Ele era o agente preordenado através do qual a comunhão com os céus e o ministério terreno de anjos foram retomadas de forma grandiosa.


"Pela fé, suas fraquezas tornaram-se fortes, e ele nobremente cumpriu sua grande missão predestinada, porque mensageiros celestiais eram seus guias." Publicação SUD " Ensign", outubro 1994, página 62


Os mórmons aceitam a história de Joseph Smith conversava diretamente com Deus, o Pai e Jesus Cristo, assim como a visita do anjo Moroni e de outros anjos.


Portanto, para os SUDs não é difícil aceitar que Joseph Smith também testemunhou um outro visitante angélico, aquele que veio a ele várias vezes para comandá-lo a ensinar um mandamento e princípio eterno. 

Assim, o testemunho de Joseph Smith a respeito deste mensageiro celeste é tão aceitável como as histórias que ele contou sobre as visitas do anjo Moroni.


"Quando esse princípio [poligamia] foi revelado ao profeta Joseph Smith ... ele não vacilou, mas apenas quando um anjo de Deus, com uma espada desembainhada, ficou diante dele, e ordenou que ele deveria entrar na prática deste princípio ou ele seria totalmente destruído ou rejeitado, que ele decidiu revelar e estabelecer esta doutrina."  Prophet Joseph F. Smith, "Plural Marriage for the Righteous Only-Obedience Imperative-Blessings Resulting", Journal of Discourses, Vol.20, p.28 - p.29


"Joseph foi ordenado a tomar mais esposas e esperou até que um anjo com uma espada desembainhada diante dele declarasse que se ele demorasse mais a cumprir este mandamento, iria matá-lo." Hyrum Smith, Elder Benjamin F. Johnson's Letter to George S. Gibbs, 1903


"...Ele pregou a poligamia, e ele não só a pregava mas também a praticava. Eu sou uma testemunha viva disso. Foi dada à ele antes que ele a desse à Igreja. Um anjo veio a ele e, na última vez, veio com uma espada desembainhada em sua mão e disse a Joseph que se ele não entrasse nesse princípio, ele iria matá-lo." - Sister Mary Lightner, Address to Brigham Young University, April 14th, 1905, BYU Archives and Manuscripts. Also See: http://www.ldshistory.net/pc/merlbyu.htm


"Seu irmão Hyrum disse-me: ‘Agora, irmão Benjamim, você sabe que o irmão Joseph não aprovaria isto se não fosse do Senhor. O Senhor revelou isto ao irmão Joseph há muito tempo, e ele deixou isso de lado até que o Anjo do Senhor veio à ele, com uma espada desembainhada, e lhe disse que ele seria morto se não fosse adiante e cumprisse a lei.’ Ele disse à minha irmã para não ter medo, e então selou a minha irmã, Almira ao Profeta.


"Logo depois disso ele foi à minha casa novamente, onde ocupou o quarto e a cama da minha irmã Almira, também  pediu por minha irmã mais nova, Esther M. Eu disse-lhe que ela estava prometida em casamento ao irmão da minha esposa. Ele disse: ‘Bem, deixe-os casar, pois tudo dará certo’." - Joseph Smith's personal secretary and church patriarch, Elder Benjamin F. Johnson, My Life's Review


"O Profeta Joseph Smith, aqui e acolá, explicou-me a doutrina da pluralidade das esposas. Ele disse que o Senhor tinha revelado isto a ele, e lhe ordenou que tivesse mulheres seladas à ele como esposas. Que ele previu o problema que se seguiria, e procurou afastar-se do mandamento. Que um anjo do céu, em seguida, apareceu diante dele com uma espada desembainhada, ameaçando-o com a destruição, a menos que ele fosse em frente e cumprisse o mandamento.


"Ele ainda disse que a minha irmã, Eliza R. Snow, havia sido selada a ele como sua esposa para o tempo e a eternidade. Disse-me que o Senhor abriria o caminho, e eu deveria ter mulheres seladas à mim como esposas. Essa conversa  prolongou-se, penso eu, por uma hora ou mais, em que ele me disse muitas coisas importantes.


"Eu declaro solenemente diante de Deus e dos santos anjos, e como eu espero estar presente na manhã da ressurreição, que a afirmação acima é verdadeira." Prophet Lorenzo R. Snow, sworn affidavit. Also See: http://www.mormons.org.uk/celest.htm


" Zina, de 19 anos de idade, permaneceu em conflito até que um dia, em outubro, aparentemente Joseph mandou [o irmão mais velho] Dimick até ela com uma mensagem: um anjo com uma espada desembainhada tinha ficado em frente de Smith e disse-lhe que se ele não estabelecesse a poligamia, ele iria perder ‘a sua posição e sua vida’. Zina, confrontada com a responsabilidade de sua posição como profeta, e talvez até mesmo sua vida, finalmente concordou." (In Sacred Loneliness, page 80-81)


Vários casos também foram documentados onde a fraude e a coerção foram utilizadas para induzir o casamento plural. (Ostling, Richard and Joan (1999), Mormon America, Harper Collins .pp. 60-63).

Um exemplo utilizado por Joseph Smith era a ameaça, a algumas esposas potenciais, de condenação eterna se elas não consentissem em serem suas esposas (Compton, Todd (1997), In Sacred Loneliness: The Plural Wives of Joseph Smith, Salt Lake City, UT: Signature Books)

Em 1893, o membro casado da igreja mórmon, John D. Miles, viajou para a Inglaterra e propôs casamento a Caroline Owens, assegurando-lhe que ele não era polígamo. Ela retornou para Utah e participou do casamento, apenas para descobrir logo após a cerimônia que Miles já era casado.  

Ela fugiu, mas Miles caçou-a e a estuprou. Ela acabou fugindo, e moveu ação contra a Miles, que chegou à Suprema Corte e se tornou um caso importante na jurisprudência da poligamia. (Gage, Matilda Joslyn (1972), Woman, Church, and State: A Historical Account of the Status of Woman Through the Christian Ages, With Reminiscences of the Matriarchate, Arno)

Ann Eliza Young, a décima nona esposa de Brigham Young, afirmou que ele a coagiu a casar-se com ele, ameaçando uma ruína financeira para seu irmão (Young, Ann Eliza (1876), Wife no.19, or the story of a life in bondage., pp. 440-454)

Algumas questões a ponderar:


1. O livre arbítrio de Smith importava ao Pai Celestial?


2. Por que o anjo ameaçador não aparecem para outros (ou seja, para as mulheres, inclusive à Emma), mas apenas para Smith?


3. O livre arbítrio das mulheres importava à Smith ou ao Pai Celestial?


4. Se Smith foia enviado para estabelecer uma lei, por que ele não o fez claramente? Por que ele não solicitou ao governo uma petição legal, arguiu perante o judiciário, e cuidou de alguns dos passos difíceis e necessários para estabelecer essa lei?


5. Como é possível que a salvação de um pai seja assegurada pelo casamento de sua filha com Smith, se isso contraria os Artigos de Fé?


6. Smith previu que a poligamia poderia causar problemas, mas Deus, que deu este mandamento, não o fez?

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net