INVESTIGAÇÕES SOBRE A IGREJA SUD
SUD - o sucessor de J. Smith

HISTÓRIA E SUCESSÕES

A igreja foi organizada em Nova Iorque, em 6 de abril de 1830. Desde 1838 ela é chamada de "A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias".

Porém, após a morte de Joseph Smith, houve uma “crise” sobre a sucessão do profeta. Isto porque Hyrum havia sido o escolhido para tomar o lugar de Joseph [1], mas ele também fora assassinado na cadeia.

Seguindo a linha de sucessão, o irmão mais novo de Smith, Samuel, seria a escolha provável. Joseph falou em 1844:

"Se ele e Hyrum fossem mortos, Samuel H. Smith seria seu sucessor" [2]

Porém, Samuel morreu repentinamente, apenas alguns dias após Joseph, em 30 de julho de 1844.

O último dos irmãos sobreviventes de Smith, William, inicialmente aceitou o direito de suceder seu irmão apenas como Presidente Patriarcal. Muito mais tarde, depois de romper com várias facções SUD, reinvidicou seu lugar como presidente da igreja, mas com poucos resultados. 

William chegou a afirmar que seu irmão Samuel fora envenenado a mando de Brigham Young. [3] Young, no entanto, negou qualquer envolvimento pessoal [4], observando que ele soubera da morte de Joseph Smith apenas 3 ou 4 semanas mais tarde, algum tempo depois da morte de Samuel. [4]

Ainda analisando as possibilidades de sucessão: o filho mais velho de Smith, Joseph Smith III, era apenas um garoto de 11 anos. Outros homens que, segundo alguns testemunhos, seriam seu possível sucessor eram David Whitmer e Oliver Cowdery, mas ambos haviam sido excomungados da igreja.

Como resultado, os principais indicados seriam:
  • Sidney Rigdon, o único membro remanescente da Primeira Presidência - o conselho mais alto da igreja  
  • O (presidente do) Alto Conselho de Nauvoo -  o conselho legislativo e judicial mais alto da igreja - liderado por William Marks.  
  • O (presidente do) Quorum dos Doze Apóstolos -  o conselho a cargo do programa missionário da igreja - liderado por Brigham Young.

Em uma reunião geral da Igreja em Nauvoo em 8 de agosto de 1844, Rigdon e Young apresentaram seus respectivos casos. Como o único membro sobrevivente da Primeira Presidência, Rigdon argumentara que ele deveria ser "guardião" da igreja.  

Young, por sua vez, afirmou que ninguém poderia suceder o profeta. Em vez disso, ele propôs que o Quórum dos Doze Apóstolos fosse constituído como a nova Primeira Presidência da Igreja. A votação da congregação foi esmagadora, apoiando a proposta de Young. 

 Logo depois, Rigdon deixou Nauvoo e estabeleceu a sede de sua própria igreja em Pittsburgh, Pensilvânia.

Na Conferência Geral de 6-7 de outubro de 1844, o Quórum dos Doze presidiu como autoridade máxima da Igreja, pela primeira vez; Brigham Young foi apoiado como "o presidente do Quórum dos Doze e a Primeira Presidência da Igreja", mas não como profeta e revelador. [5]

Nesta conferência, Brigham Young também abordou a questão da revelação. Mais especificamente, as revelações teriam cessado com a morte de Smith, ou, se não, quem iria receber e publicá-las? Ele afirmou:

"Cada membro tem o direito de receber revelações para si mesmos, tanto masculinos quanto femininos."
"Se vocês não sabem de quem é o direito de dar revelações, eu lhe direi. Sou eu" [6]

JAMES J. STRANG

Enquanto esses eventos aconteciam em Nauvoo, outro sucessor de Smith começou a exercer grande poder em Michigan, Indiana, Illinois e Wisconsin. Embora fosse um recém-converso (batizado em fevereiro de 1844), Strang era um élder encarregado de estabelecer uma estaca em Wisconsin, caso os Santos dos Últimos Dias fossem forçados a abandonar a sua sede em Nauvoo, Illinois.

Ele também possuía uma carta, conhecida como a Carta de Compromisso. Esta carta, provavelmente escrita por Smith no mês de sua morte, designou Strang como seu sucessor na presidência da igreja.

Este documento encontra-se hoje na Universidade de Yale. Estudiosos concluíram que o carimbo do documento é um autêntico "Nauvoo, 19 de junho de 1844",  em um envelope endereçado com a mesma letra de todo o documento. O envelope foi impresso em bloco, num estilo muito semelhante aos usados ocasionalmente por Hyrum Smith, mas a escrita é provavelmente do próprio Joseph Smith Jr. O texto do documento coincide com o idioma, estilo e paixão de Joseph Smith Jr.

Lucy Mack Smith, mãe de Joseph Smith, dirigiu-se aos membros da igreja em outubro 1844, na Conferência Geral, e apoiou Brigham Young. Porém, no ano seguinte, o jornal impresso de Strang continha uma declaração alegadamente assinada por Lucy Mack Smith e por três irmãs de Joseph, atestando que "a família Smith acredita na nomeação de JJ Strang”. Ela jamais foi para Utah, mas ficou com sua cunhada Emma, em Nauvoo até sua morte, no verão de 1856.

A carta convenceu também vários SUDs proeminentes, como William Smith (o último irmão sobrevivente de Joseph),John Whitmer, David Whitmer, Martin Harris, Hiram Page, John E. Page (apóstolo), William E. McLellin (ex-apóstolo), William Marks (ex-presidente  da estaca de Nauvoo), George Miller (segundo bispo da e administrador da igreja), e uma série de outros escribas e membros da família que conheciam o estilo de Joseph Smith Jr. Todos o apoiaram como "Profeta, vidente, revelador, e um tradutor" da Igreja

James J. Strang também traduziu escritos de placas metálicas e onze testemunhas assinaram juramentos que viram as placas - nenhuma jamais negou seu testemunho.

O testemunho das Placas Voree está publicado nas Revelações de James J. Strang, e o testemunho do Livro da Lei do Senhor está publicado na frente do referido livro. Abaixo, encontram-se um fac-símile das Placas Voree e a página inicial do Livro da Lei do Senhor:
 Fac-símile contido nas Revelações de James J. Strang.

Na introdução do livro, lê-se:
"As revelações dadas de Deus Por meio do Profeta James J. Strang De 1844-1849 Juntamente com outros importantes registros, Incluindo A Carta de nomeação de Joseph Smith, que nomeia James J. Strang,  como seu sucessor, e nomeia Voree como uma estaca de Sião."


Esta é a rara edição de 1851, dos quais existem apenas 200 exemplares impressos. Por muito tempo, estas cópias de 80 páginas ficaram sumidas, até que a Universidade de Yale localizou uma delas. Este exemplar pertence ao bispo Gilbert Watson e desde então foi adicionada à coleção Hajicek.

James J. Strang também alegou que havia sido ordenado por anjos exatamente no mesmo momento em que Joseph Smith Jr. fora morto, mesmo estando à mais de 300 quilômetros de distância de Smith. A ordenação está publicada nas Revelações de James J. Strang.

A reivindicação de Strang tocou muitos SUDs, atraídos pela doutrina de revelação contínua através de um profeta vivo.

Em 8 de agosto de 1844, na Conferência, Brigham Young enfatizou que nenhum homem poderia substituir o profeta Joseph Smith. Young posteriormente utilizou o jornal Times and Seasons para anunciar à Igreja:
"Vocês não tem mais um profeta, mas vocês tem apóstolos".

Strang, por outro lado, anunciou que havia, de fato, um novo profeta mórmon para suceder Smith. Ele estabeleceu a igreja em Voree, Wisconsin, e chamou aos Santos para reunirem-se ali. Cerca de 12.000 pessoas reconheceram a nomeação de James J. Strang e uniram-se à ele.

Brigham Young foi convocado para um julgamento e excomungado por um Conselho Superior, em 6 de abril de 1846. Young, por sua vez, alegou ter excomungado James J. Strang, mas nunca houve uma solicitação para a presença de Strang, nem nunca houve o julgamento de Strang.

Strang foi baleado por dissidentes de sua igreja em 16 de junho de 1856, apenas doze anos depois de sua nomeação, e morreu pouco depois. A igreja quase não sobreviveu e, ao mesmo tempo, foi expulsa do norte de Michigan por uma multidão.

A maioria de seus seguidores uniu-se à Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, formada quatro anos mais tarde, por Joseph Smith III, filho de Joseph Smith na (agora chamada de Comunidade de Cristo). 

Vale ressaltar que a igreja Strangnista foi "fundada" em 1844, apenas 2 meses após a morte de Joseph Smith. Porém, a facção de Brigham Young foi "fundada" 3 anos depois, apenas em 1847.

Com todos esses fatos, aparece uma questão gritante: será que, de acordo com os padrões reverenciados pelos mórmons, o verdadeiro sucessor de Joseph Smith, o verdadeiro Profeta e Revelador, não teria sido de fato JJ Strang? 

Atualmente, eles alegam que:

"... nós somos a igreja original, composta por pessoas que são membros e portadores do sacerdócio, continuando ininterruptamente como a igreja original que foi organizada em 1830 e como ela existia quando Joseph Smith foi morto em 1844." [7]


JOSEPH SMITH III

 Em 6 de abril de 1860, as diversas congregações que vinham participando em comunhão fraterna desde 1844 nos estados de Iowa e Missouri, entre outros, reuniram-se em uma Conferência Geral. Após muitos anos de meditação e oração, Joseph Smith III, o filho que Joseph Smith havia afirmado ser seu sucessor, concordou em assumir o lugar que tinha sido deixado com a morte de seu pai quando ele tinha apenas 12 anos de idade. 

Já com 28 anos de idade, Joseph Smith III foi ordenado e apoiado como o segundo presidente da Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, hoje conhecida como Comunidade de Cristo.
 
Ao contrário da igreja Mórmon, desde o tempo de Joseph Smith Jr, e depois nas presidências seguintes, a igreja Comunidade de Cristo sempre ordenou pessoas de todas as raças aos mais diversos ministérios e ao sacerdócio, sem distinção. 

Ainda, em 1984 o Sacerdócio foi estendido também às mulheres (DeC 156), não sendo, portanto, segregacionista quanto à raça e sexo. 

Eles declaram que são uma Igreja Profética, que olham para além do horizonte através de uma organização rica em ministérios.

Abaixo, uma figura mostra os principais ramos que surgiram com a morte de Joseph Smith.



1
2
3

4

5
6
7






1 - William Bickerton: A Igreja de Jesus Cristo
2 - Rigdonitas (Sidney Rigdon)
3 - Granville Hedrick: Igreja de Cristo
4 - Joseph Smith III: Comunidade de Cristo
5 - James Strang: Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
6 - Brigham Young: Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
7 - Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias



Agradeço à A.C.Popinhaki pela sugestão do tema

______________
Notas:
1 - Times and Seasons, 5 [Oct. 15, 1844]: 683.
2 - Smith, An Intimate Chronicle, p. 138; William Clayton Diary, typescript, 12 Jul. 1844, original in First Presidency's Archives.
4 – Brigham Young (July 1857). Journal of Discourses, volumes 5:77 e 8:69.
5 - Times and Seasons, 5 [1 de novembro de 1844]: 692.

6 - Times and Seasons, vol. V, pp. 682-683.
7 - http://www.strangite.org/Name.htm

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net